Paixão apressada paulistana

Protesto parando a Paulista,
Pulo apertado
Pelas pirâmides de pedra de São Paulo.
Apresso o passo
Desço ao paço
Pisando em paçoca
Cheirando a pizza
Com a pachorra dos que pedem
Por um passeio ao Pantanal
Em pleno Paraná.
E pesco o peixe plural
Pirarucu pirocudo
Preso nesse aquário
Pregado em peças do presente e do passado.
Parado, porém, nunca estarei.
Passam-se as horas, me espere,
Estou mais perto.
Preciso partir, pra ontem!
Pra chegar e te presentear
Com minha apressada paixão paulistana.

pedra

Anúncios

, , , , , , , , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: