Missão e Ferida

brahma

Às vezes uma missão é o dom mais precioso que uma alma possa ganhar, oras!
O dom da missão.
O dom de missionar.

O sangue também é um dom!
Doá-lo, se entregar, servir…
Dons brutos, primitivos,
de cura!
Nem que seja através da palavra escrita:
Se cura, é dom.

Portanto, psicografar é um dom
Ouvir ao outro é um dom.
Abraçar e sorrir são dons,
Cuidar, como cuidam as mães
Ensinar, mesmo que batendo,
É um dom.
Reconher-se amado
Tendo apanhado, é um dom.

Penso que a missão de todo ser humano é curar uns aos outros.
Estamos fadados a nos curarmos por um bom tempo,
Como se padecêssemos de uma chaga coletiva primitiva e conjunta,
Como se estivéssemos a nos recuperar de uma ferida gigante, desproporcional e muito antiga.

Só o ciclo do amor cura. E amar verdadeiramente é o maior dom que podemos conquistar durante a vida.

Anúncios

, , , , , , , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: