Caminho renovado


Tome, enfim, a direção da sua vida
Pegue firme nesse volante que é conjunto
Que pra mim, já teve cheiro de mato
Que pra você, traz vento e cinzas urbanas.
Avance uma casa, a do amor, sem rancor,
Saia de casa, viva o sol, veja a luz
Venha comigo, nessa estrada incerta
Não esqueça o passado, porém perdoe.
Não se iluda, não é fácil brincar
Peça ajuda, eu também posso ajudar.

Suas cores sombrias,
Permita-te divertir-se com meu amarelo manga,
Deixe o meu Brasil divertir sua Islândia.

Escolha o caminho, experimente a fotossíntese.
Perceba a brisa, entregue-se, esqueça o velocímetro.
Porque amar é morrer toda noite,
Com a certeza de renascer pela manhã.

Anúncios

, , ,

  1. #1 por Ibrahim Cássio em 02/08/2012 - 10:45 am

    Me li em cada verso, principalmente no que fala das cores, do frio, do sombrio, da Björk. Adorei isso. Li há alguns meses mas só comentei agora porque… bem, sou assim. Se posso tomar como meu, é a homenagem mais linda que já ganhei.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: